O nosso reino é tudo isto, e muito mais...

Roy Tanck's Flickr Widget requires Flash Player 9 or better.

Get this widget at roytanck.com
"A fantasia não é exatamente uma fuga da realidade. É um modo de a entender."
"Fantasy's hardly an escape from reality. It's a way of understanding it" (Lloyd Alexander)

quarta-feira, 30 de abril de 2008

Principe Tiago Caracolinhos

Príncipe herdeiro do Reino Já Cheguei, é lindo mas tem vários dons além da beleza: É simpático, sociável, precoce (pelo menos no que se relaciona com as Novas Tecnologias de Comunicação, pois consegue manter um blog actualizado diariamente apesar dos seus reais afazeres) e o dom mais curioso é o facto de conseguir comunicar com caracóis, nomeadamente os da espécie autóctone do Reino: Helix aspera jacheguinese simpátiqum.
Adora bolachas.
(Boneco com cheiro.)
Representa a força de vontade na quebra do que julgamos por vezes serem barreiras impossíveis, sejam elas de que natureza forem.
Tem o cabelo castanho aloirado, usa sempre capa e faz-se sempre acompanhar de um caracol. Nunca larga a coroa.

Princesa Joaninha Pigoita

A herdeira do Reino Já Cheguei.
Linda, simpática e comilona.
É membro honorário da Confraria das Pigoitas, daí lhe ser permitido usar o nome.
Muda de vestido muitas vezes por dia pois é uma verdadeira princesa e farta-se com facilidade da toilette anterior.
A coroa é sempre vermelha.
Adora passear na sua carruagem com dossel.
Tem sempre pelo menos uma joaninha na sua roupa.
Esta Princesa representa a sorte, que é uma boa «fatia» da nossa vida.
(Boneca com cheiro)

segunda-feira, 28 de abril de 2008

Fada Letrinhas

Como todas as fadas, esta fada adora mel e gengibre. Mas conseguia gostar ainda mais de Sopa de Letrinhas, por isso lhe deram este nome.
É a professora do Reino. Ensina os pequenos jacheguineses a serem adultos melhores.
É muito amiga da Verdicela com quem diariamente bebe o Chá das Cinco.
(Tem letras na roupa, asas, cabelo muito colorido com madeixas de muitas cores porque... aprender é divertido...).

Docinéia, Puganhosa e Febroso

São o Gang dos Diabéticos.
Viciam crianças em doces e fazem delas seus revendedores.
Neste momento apenas conseguimos uma foto de Febroso.
Verde, de olho amarelo e ar de quem está mesmo doente. Só pode ser ele...

Ahhhh, mas é tão giro não é?

Este não vou vender, fica para mim...

Príncipe Retalhos

Retalhos de esperança, de riqueza, de amor, de beleza, enfim, tinha um pouco de tudo...
Reside no Castelo Verde e é noivo da Princesa Gota.
É muito loiro.
Foi viciado em doces mas está agora em recuperação.
Tem sempre retalhos na roupa.
Representa a esperança, a riqueza, o amor e a beleza.

sábado, 26 de abril de 2008

Coiococol Pirralhitus

Foi o mais pequeno de 35 irmãos, daí o seu nome.
Caracol da espécie nocturnos que habitava uma gruta na Ilha Bijutopia.
Por influência da Princesa Joaninha veio morar para o castelo. Foi então que descobriu que ao sair da Ilha tomaria a forma humana...
É o melhor artesão do reino e foi distinguido com a Tesoura de Ouro.
Faz bonecos de pano que ilustram as histórias escritas por mim, Guizito.
Estes bonecos atraem muitos turistas e mesmo os jacheguineses adoram coleccioná-los devido aos seus poderes mágicos.
Representa a capacidade de fazer magia com tecidos, linhas e botões. Digamos que é o padroeiro de todos os artesãos...

Dragão Ripiquilho

Pertence à espécie dos Dragões-Fada (é de pequeno porte).
É um pequeno dragão que espalha alegria por onde passa, até mesmo a sua rajada de vento faz com que qualquer criatura queira distribuir alegria para todos os que estão em volta.
Tal como todos os dragões é capaz de utilizar Magia. Este voa bem mas ao contrário dos outros, aterra mal.
Adora pimentos e comida picante (principalmente se tiver «Pimenta do Reino»).
Adora contar histórias e é enfermeiro.
Mora sozinho numa G2 (gruta com três assoalhadas).
Colecciona pequenos cactos.
É roxo e vermelho.
Representa a alegria e a vontade de viver.

sexta-feira, 25 de abril de 2008

Rainha Ri-te Ri-te

Bisavó materna dos Príncipes Caracolinhos e Joaninha.
Uma divertida rainha e excelente cozinheira.
Ri com facilidade e põe todos a rir também.
Muito simpática e prestativa.
Toca piano com os dedos dos pés, mais uma curiosa faceta desta família...
Em conjunto com a Harmonia protege e alegra o lar de quem a tiver.
Veste-se sempre de amarelo, cor-de-rosa e lilás e tem sempre notas musicais na roupa.
Tem uma linda coroa amarela (esta é de estimação).

quinta-feira, 24 de abril de 2008

Fada Rosinha Aero Pum

A linda e doce fada Rosinha Aero-Pum anda sempre maravilhosamente vestida de cor-de-rosa.
Como todas as fadas, adora mel e gengibre.
Habita no tronco de uma árvore na Floresta Encantada do Reino Já Cheguei, perto de um pequeno riacho pois adora ouvir o som da água corrente.
Sempre que ouvirem gargalhadas de criança num jardim e este tiver trevos, ela estará por perto...
Pertence à longa descendência das Fadas e Feiticeiros de OM e é por isso muito amada pelos jacheguineses.
Os OM foram responsáveis pelo combate e tentativas de erradicação dos atentados meteoristas (meteorismo).
Ajuda a aliviar as cólicas dos recém-nascidos (principalmente) espalhando durante a noite estrelinhas cor-de-rosa que iluminam os seus sonhos, e durante o dia um perfume inconfundível que os acalma.
Quanto mais perto da caminha ficarem, maior o seu poder sobre os bebés.
(Boneca com cheiro.)
É loira, usa sempre sapatinhos azuis e estrelinhas cor-de-rosa na roupa, tem asas como todas as fadas.

terça-feira, 22 de abril de 2008

Rei Tangerina

Rei que dedicou grande parte da sua vida ao estudo da «arte da guerra» e a ajudar na Federação Internacional dos Alérgicos ao Trabalho.
Conheceu de perto a Tribo dos Broncos na Broncolândia.
Representa a insistência, a determinação e a solidariedade.
Usa sempre a capa vermelha, da cor dos sapatos e imagens de tangerinas na roupa.

Princesa Mia

Esta princesa é um doce de menina. Tem poderes sobre os 4 elementos da natureza: terra, ar, fogo e água.
Na Lojinha Doce do seu reino vendem-se uns Docinhos Cor-de-Rosa com o seu nome: «Mias», em homenagem à sua candura e simplicidade.
Representa a calma e a paz de espírito tão necessárias à felicidade.
Adora azul-claro e cor de laranja.
Jóias preferidas – Brincos de cereja.
Representa a calma e a paz de espírito tão necessárias à felicidade.
Anda sempre de totós.

Princesa Mimika

É uma princesa bem diferente das princesas dos outros contos de fadas (começando pelo cabelo em tons de verde, característica das princesas mimikesas).
Além de ser determinada, forte e decidida é carinhosa e tem um coração de ouro.
Adora andar de mota (é uma verdadeira motard) e veste-se sempre a rigor para o efeito.
Raramente veste saias.
Representa a alegria, a luta pela verdadeira felicidade e a boa disposição.
Usa sempre um lacinho ou lenço ao pescoço.
Adora azul, cor-de-laranja e vermelho.

Zalena e Malvadisco

É uma Princesa adorável grande parte do tempo, mas que vive com uma dupla personalidade. Quando está aborrecida transforma-se: começam a nascer-lhe verrugas, a andar curvada, o cabelo começa a frisar e o nariz a retorcer.
Os piores sintomas aparecem quando começa a perguntar pela vassoura e pelo gato, o Malvadisco.

Adora cor-de-rosa e cor-de-laranja.
Ajuda-nos a encontramos o nosso verdadeiro EU.

Usa sempre um chapéu cor-de-rosa bem encaracolado a condizer com os sapatos.

Representa a vitória do bem sobre o mal. Protege contra a inveja, e outros males.

Gato omnipresente de Zalena. Consegue aparecer e desaparecer dos sítios mais estranhos, mesmo sem transporte próprio!
É um fiel companheiro e tolera todas as mudanças de humor da dona.
Adora miminhos de quem lhos der, não é esquisito...

A maior parte do seu pêlo é cor-de-laranja, e é essa a cor que o distingue do Lord Sushi.

Excelente companhia.

Nina (rainha-mãe)

Extremamente organizada, trata da organização da papelada do Reino. Tem mais de 12.092.004 dossiers todos organizados por ordem alfabética.
O marido chega a ter medo de um dia acordar dentro de um dos dossiers destinados aos assuntos começados por I de (Rei) «Inchado».
Teimosa, determinada e empreendedora.
É conhecida pelo bom humor.
Colecciona pequenos mochos em quase todos os materiais (sai ao bisavô que coleccionava ovos – Rei Cheira m’a Ninhos), por isso tem um desenhado no vestido.

É responsável pelos objectos perdidos. Pede-lhe que ela encontra-os por ti. É também uma boa influência para quem quer ser mais organizado.

segunda-feira, 21 de abril de 2008

Rei Trovoada

Rei de péssimo feitio, vaidoso, contraditório e ditador.
Tem sempre um trovão na camisola (devido às suas explosões de mau humor) e é quem tem a coroa mais vistosa.
Anda sempre de capa.
Dizem que ajudou a organizar vários atentados meteoristas e que foi essa a verdadeira razão do seu cognome...

sexta-feira, 18 de abril de 2008

Verdicela

Ruiva, muito elegante, sempre vestida em tons de verde, aparece sempre que alguma criança jacheguinesa se recusa a comer legumes. Nos casos piores as crianças ficam cobertas de manchinhas verdes pelo corpo todo.
Adora brócolos, alface, couves-de-bruxelas, ervilhas, feijão-verde, esparregado, caldo-verde, coentros, gelatina tuti-fruti, salsa, pistáchios, etc. Nunca dispensa uma chávena de Chá Verde às 17h em ponto com a Fada Letrinhas de quem é muito amiga.
Representa a alimentação equilibrada e ajuda os meninos a gostarem de legumes.
(Vai aparecer no segundo livro para resolver um complicadíssimo problema no Reino...)

quinta-feira, 17 de abril de 2008

Mãe-Bimboca

É uma mulata risonha e simpática.
É uma espécie de mãe-de-santo e mora no terreiro do reino.
Há muitos anos que ela prevê o futuro com uma precisão incrível e sempre que alguém precisa de um conselho, apoio ou apenas um miminho, vai ter com ela.
Utiliza conchas de caracol que depois de baralhar nas mãos enquanto faz uma reza, lança num tapete no chão.
Ouvem-se tambores... O que será que ela vai dizer?
Representa o nosso lado espiritual, a magia, o espiritualismo, a vontade que todos temos de conhecer o futuro. Ajuda a tomar as decisões certas.
Usa sempre roupa muito colorida. Tem tranças pretas/cinzentas e um lenço na cabeça.
Adora missangas.

terça-feira, 15 de abril de 2008

Feiticeira DesGraça

Ninguém gosta dela... Não a querem por perto, não a querem ver e muito menos falar com dela.
Tem feito visitas esporádicas à família real.
Pertence a uma família complicada. Tem até um irmão chamado Infortúnio.
Apesar de representar o azar, a tragédia e o horror, faz parte da «família» Reino Já Cheguei.
Foi desenhada com carinho e costurada com amor, não me responsabilizo no entanto por danos causados a quem a tenha por perto.
Dizem que uma desgraça nunca vem só.
O que será que vem com esta?
Só saberás quando a tiveres...
Tem a pele ligeiramente esverdeada (da inveja), um chapéu preto e a roupa escura, cabelo escuro e curto.

Floribruxa

Ex-bruxa decidida a ajudar quem precisa.
Mudou de vida por vontade própria. Tem um coração de vidro pendurado ao pescoço, que a ajuda e lhe dá força para não ter nenhuma recaída.
Esse coração simboliza a alegria, a luta pela verdadeira felicidade, a boa disposição, a calma, a paz de espírito, a vitória do bem sobre o mal, a inocência e a fantasia, e ainda dá sorte!
Foi uma das responsáveis pela H.A.L.L.O.W.E.E.N.Representa a força de vontade na concretização dos mais difíceis objectivos.
(Boneca com cheiro.)
Representa a força de vontade na concretização dos mais difíceis objectivos.
Usa sempre um chapéu preto encaracolado e com uma flor, sapatos roxos e tem sempre um coração pendurado num fio ao pescoço e flores na roupa.

domingo, 13 de abril de 2008

AnjiMel

Protege o sono de todas as crianças.
«Trabalha» com o RiSonho para evitar que o Pesadélio aterrorize as crianças que dormem.
Para isso basta que todas as crianças dêem uma boa risada e digam umas palavrinhas mágicas antes de dormir.
Trás sempre na roupa pelo menos uma estrelinha e a Lua.

sábado, 12 de abril de 2008

Cheira m'a Ninhos

Aventureiro e um pouco preguiçoso.
Coleccionador de ovos que cuida, como se de verdadeiras jóias se tratassem.
Representa a fecundidade e a fertilidade.
Usa sempre uma coroa da cor da capa (normalmente vermelha), sapatos encaracolados verdes e trás sempre na camisola algo que represente os ovos da sua colecção real.

Borboleta Pezuca

Habita a Ilha Bijutopia e é guardiã da Árvore da Fundo.
Tal como todos os outros habitantes da ilha, sempre que a abandona toma a forma humana.
Adora bolinhas de chocolate.
Representa a família e protege os bebés in-útero.
Por isso trás sempre um bebé ao colo.

Lord Sushi

É o gato real. Vive no castelo, mas se o virem nem lhe dirijam a palavra... tem muito mau feitio... Arranha, sopra e assusta sem motivos.
Talvez por isso represente a longevidade, está sempre a testar-nos...
A maior parte do seu pêlo é cinzento e é essa a cor que o distingue do Malvadisco.
***
Sobre o verdadeiro Sushi.

quarta-feira, 9 de abril de 2008

Kapinha

Kapinha pertence a uma família em cujos nomes das crianças tinham que ter pelo menos um K obrigatoriamente: Karla, Katarina, Kláudia, Kikinho, Karlos). Não era uma família pertencente à nobreza mas era uma família muito querida da Princesa Joaninha.
Kapinha possuía um pequeno lápis mágico que dava para escrever, pintar e brincar. Sempre que ela desenhava com ele fazia com que todos os que a observavam sorrissem, sonhassem e «voassem» por momentos.
A única coisa que ele não era capaz de desenhar eram lágrimas.
Adora arroz, bolo de chocolate e de laranja, pão com manteiga, a cor azul e o mar.
Passa horas a brincar com os passarinhos.As plantas preferidas são os amores-perfeitos. Representa a simplicidade humana, o prazer das coisas simples, a beleza pura.
Veste-se normalmente de azul (adora ganga) e tem sempre um K na camisola.

segunda-feira, 7 de abril de 2008

Serpentinélia

É uma simpatia apesar do seu ar austero.
É responsável pelos CS (Caminhos de Serpentina) do reino. Gere os horários dos comboios e mantém tudo limpo e colorido.
Adora viajar.
Há poucos anos ganhou o Concurso de Miss Línea, dada a sua elegância.
Representa a elegância e o prazer de viajar.
Usa sempre roupa de alta costura.

domingo, 6 de abril de 2008

Rei «Inchado»

É um verdadeiro executivo andando sempre de fato e gravata (às riscas). Ahhh, e coroa...
«Distraído» também é um dos adjectivos que lhe assenta bem. Talvez «desarrumado» também.
«Inchado» sempre é melhor cognome do que «Babado», pelos filhos que tem: Príncipe Tiago Caracolinhos e Princesa Joaninha Pigoita.
É um excelente cozinheiro e em pequeno trabalhou num circo. Era o Palhaço Periquito.
Em tempos longínquos chegou a ter o cognome de «Rapa-Travessas».
Representa a família, o lar, o pai, enfim, o papel masculino na nossa sociedade.
(Excelente presente para o Dia do Pai...)

sábado, 5 de abril de 2008

Mimikos

(Segundo volume das «História e Histórias do Reino Já Cheguei») Pequenos habitantes em forma de M do Planeta Mimika.
Podem ser de todas as cores do arco-íris: os vermelhos são os Pastelões (preguiçosos), os cor-de-laranja os Empratões (cozinheiros), os amarelos os Chatarrões (chatos), os verdes os Lagartistões (cantores), os azuis eram os Benurões (médicos e enfermeiros), os anil (também chamados de «Não-digo») os Segredões (guardam segredos) e os violetas os Glutões (comilões).
Todos eles são diferentes pois levam um presentinho único cosido na pernoca...
*****

É um para a Madalena, outro para a Mafalda, um para o Manuel e um para a Martinha...

Harmonia

Tem residência habitual no castelo.
É a mais alta habitante do Reino por isso é costume dizer-se que por lá «a Harmonia é grande».
É simpática e calma.
Representa a harmonia e trabalha em equipa com a Rainha Ri-te Ri-te (prometo falar sobre ela no segundo livro de histórias).
Representa a harmonia e trabalha em equipa com a Rainha Ri-te Ri-te.
Usa botas altas cor-de-rosa, tranças em vários tons de rosa e bolinhas de sabão no vestido.

quarta-feira, 2 de abril de 2008

Frei Gondisalus

Frei pertencente à Ordem dos Frades Concentrados (OFC), são os que rendem mais tal como os sumos concentrados.
Simpático e prestativo.
Colecciona colheres e adora contar histórias com estes objectos. Grande amigo de infância dos reis do nosso Reino. Representa a paz de espírito e o amor ao próximo.
Este boneco vem com uma verdadeira colher de café na mão...

Clara Branca das Neves Leite e Cal

Rainha muito activa, excelente costureira e boa ouvinte.
Tem um pequeno defeito: troca tudo o que quer dizer de maneira a que por vezes, já nem ela sabe o que ia dizer...
Consegue fazer com os feijões germinem no seu nariz (nunca tentem fazer isso em casa!).
Foi fadada em pequena pelas Fadas Inocência e Asneira.
Representa em suma, a juventude eterna.
Tem sempre corações na roupa.

Princesa Gota

Princesa hipocondríaca que por tudo e por nada pede «as gotas» que pensa serem milagrosas mas que não passam de soro fisiológico.
Noiva do Príncipe Retalhos.
Se a querem ver feliz dêem-lhe umas botas altas e de bico e rodeiem-na de bolinhas de sabão.
Acredita em tudo o que lhe dizem. Representa por isso a inocência e a fantasia.
Planta favorita – Brincos de Princesa.
Tem sempre gotas desenhadas na roupa, botas muito bicudas e cabelo loiro; anda sempre de coroa; nunca se esquece da sua malinha.

terça-feira, 1 de abril de 2008

Catatim

Rei franzino, ruivo, sardento, consegue andar na rua num dia de chuva sem se molhar.
É determinado e resistente.
Ajudante das causas impossíveis.
Veste sempre um casaco metade de cada cor, usa normalmente as calças da cor da coroa e nunca usa capa.

Blog Widget by LinkWithin
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...