O nosso reino é tudo isto, e muito mais...

Roy Tanck's Flickr Widget requires Flash Player 9 or better.

Get this widget at roytanck.com
"A fantasia não é exatamente uma fuga da realidade. É um modo de a entender."
"Fantasy's hardly an escape from reality. It's a way of understanding it" (Lloyd Alexander)

quarta-feira, 20 de março de 2013

Primavera?! * Spring?!


segunda-feira, 18 de março de 2013

Altered Book: As páginas * The pages

sábado, 16 de março de 2013

Retratos "CARTE DE VISITE" e... os meus bigodes :)

Tenho uma nova paixão... as fotos antigas (por enquanto só cdv). É algo que tenho andado a «namorar» há alguns meses mas finalmente comecei a coleccioná-las.
***
De acordo com a Wikipedia:
«Carte-de-visite ou carte de visite (em português: cartão de visita) é o nome dado a um antigo formato de apresentação de fotografias, patenteado pelo fotógrafo francês André Adolphe Eugène Disdéri em 1854. De tamanho diminuto (9,5 x 6 cm), a foto, geralmente revelada pela técnica de impressão em albumina, era colada em um cartão de papel rígido um pouco maior (10 x 6,5 cm aproximadamente).

O carte-de-visite tornou-se modismo mundial durante a década de 1860 e popularizou a arte do retrato, conferindo ao fotografado o status de distinção e representação social. Como padrão universal, o carte-de-visite era trocado entre familiares, amigos e colecionadores do mundo todo, já que cabia em uma envelope de carta comum.

Apesar de seu sucesso, o cartão de visita foi aos poucos suplantado pelo formato conhecido como carte cabinet (em português: cartão gabinete), surgido na década de 1870, tecnicamente igual ao antecessor, embora com dimensões maiores.»
***
«O posicionamento socioeconómico de uma determinada família pode ser aferido através do seu espólio fotográfico (estando este ainda intacto): a época em que os seus membros tiram os primeiros retratos; a época em que recebem as primeiras ofertas de retratos, por parte de parentes e amigos; os locais onde estes retratos são tirados; todos estes indícios podem ser preciosos para caracterizar a história de uma família. Do mesmo modo, a fotografia antiga permite um melhor conhecimento dos antepassados: a sua fisionomia, a sua estatura, postura e modo de vestir. É claro que muito do que era o retrato, sobretudo na segunda metade do século XIX, dependia da encenação criada pelos fotógrafos: a pose, o cenário de fundo, os adereços e, em alguns casos, também a indumentária. E toda esta parafernália ia alterando-se, seguindo a evolução da moda. Deste modo, o retrato antigo, geralmente em formato "carte de visite" (cartão de visita), tem importância para a História da Arte: ao nível das artes decorativas, do mobiliário e de vários outros aspectos. Tem ainda importância para a História da Técnica. Não podemos também negligenciar os timbres dos fotógrafos, muito interessantes para o estudo do papel timbrado e da História das Artes Gráficas, assim como as dedicatórias, que revelam autógrafos valiosos, cumplicidades entre quem oferece e quem recebe, permitindo igualmente datar, com certa precisão, muitos retratos. 
Em suma, o estudo da fotografia antiga e do retrato "carte de visite" em particular, tem diversas implicações, para além de ser, obviamente, um auxiliar precioso dos estudos de Genealogia e de História da Família.
Hoje, porém, assiste-se a um perigoso hiato entre os velhos álbuns fotográficos da transição do séc. XIX para o início do século XX e os retratos dos últimos anos do século XX - época em que o retrato já estava banalizado em termos sociais. Muitos desses álbuns antigos, com retratos em formato de cartão de visita, incluem apreciável quantidade de imagens fotográficas não identificadas, ainda que correspondam a antepassados directos dos seus actuais possuidores. Aliás, era comum não colocar, no verso, o nome dos retratados, quando estes eram bem conhecidos. Porém, passaram muitas décadas. Sem conseguir já identificar visualmente esses antepassados, por se terem extinguido já as gerações que podiam ainda lembrar-se deles, os possuidores de tais álbuns tendem a desligar-se afectivamente dos mesmos. Tornam-se mais propensos, pois, a negligenciá-los ou, em muitos casos, a desmembrá-los (para vender ou até destruir parte do espólio), guardando somente algumas fotos previamente identificadas. Mesmo quando não ocorre uma destruição completa do espólio fotográfico familiar mais antigo, perde-se a própria compreensão da lógica de preenchimento destes álbuns, com tais operações de retirada de retratos "carte de visite". »

quinta-feira, 14 de março de 2013

Sometimes It's OK To Be A Follower... * Censos

(re-blogged)
Pelo menos ser um seguidor do Reino Já Cheguei!

Bom, se a bruxa do reino vizinho ou um dos nossos gatos tivessem Blog/Facebook/Twitter tenho a certeza que seguiriam o Reino. Até porque os amigos e inimigos servem também para isso.

Amigas arteiras, crafters, artesãs, colegas nesta busca incessante da perfeição, na tentativa de coser, pintar, bordar, … a inspiração que recebemos dia a dia através da natureza, dos nossos filhos ou do cão do vizinho… FOLLOW US!

Todos aqueles que me/nos conhecem pessoalmente (ou de outras leituras) e que já passaram horas a ouvir os meus/nossos delírios e parvoíces (também sobre o Reino) 
e até fizeram perguntas… bom, se querem saber… aqui está a oportunidade certa! Até porque se nenhum fugiu até hoje é porque gostaram… agora, sigam o Reino porque a conversa não é só pessoalmente.

A toda a população em geral: Tá na hora… toca a seguir o Reino!
Têm muito por onde escolher (vejam lá em baixo o arsenal).

Hello Hello Hello  Há mais alguém aí? 
Bom, pode ser patético pedir para nos seguirem, mas não me importo. Aqui no Reino não temos vergonha nenhuma…
Aqui em baixo têm uma lista de produtos à escolha (sim são muitos, mas são todos actualizados com muito carinho por elementos da família real).
Ficaríamos muito felizes por ver a nossa lista de jacheguineses (vulgo SEGUIDORES, FÃS, …) aumentar!!! Por vezes as fadas, dragão, reis e rainhas e mesmo o próprio Guizito se sentem muito sozinhos aqui neste nosso Reino Encantado!! Há até divisões aqui do castelo que fazem ecoooooo…

Para já parabéns por leres este testamento até aqui…quem já fez tamanha proeza já merece ser nosso seguidor!

Se costumas ler o que escrevemos aqui no Reino (independentemente da rede social usada), ver as fotos, seguir os tutoriais, ler as entrevistas de que somos alvo ou que fazemos, cuscar por onde andamos, ou só passar por aqui de vez em quando, ou então (prontoS!) se é a primeira vez que aqui vêm, podem pelo menos tornar-se seguidores oficiais? Não cobramos nada!! E até temos sorteios para os nossos seguidores de vez em quando…
Não nos venham dizer que: Ah e tal, só tenho Twitter… Nós TEMOS!
Ah… pois… só tenho o Tumblr… Olha, nós TAMBÉM!
Só quero receber newsletters quando o Rei faz anos. Também TEMOS!
Ohhh enganei-me… afinal quero receber todos os dias… NÓS TAMBÉM TEMOS!

Imaginem que por qualquer razão até vão ao blog e lêem qualquer coisa, DEIXEM UM COMENTÁRIO! (pelo menos de vez em quando) ou, se se sentirem mesmo MUITO bem dispostos, deixem DOIS!
Aqui o Guizito (cronista e coscuvilheiro do Reino, o que está lá em cima no cabeçalho) fica muito feliz por ler as vossas palavrinhas… Até porque a vida dele não pode ser só saltar de cogumelo em cogumelo e abanar os guizinhos!

Pronto, confessamos vão haver censos aqui no Reino Já Cheguei e queremos saber ao certo quantos são os jacheguineses que há por este mundo fora e até por Portugal!
Agora aqui fica o arsenal TODO!
(Antes que perguntem: as 4 páginas do facebook devem-se ao facto de duas terem sido permanentemente desactivadas durante 2 meses e depois reactivadas sabe-se lá porquê…)
* Twitter: @ReinoJaCheguei
* Newsletter diária no vosso email: http://feeds.feedburner.com/ReinoJCheguei
Se procurarem bem no nosso blog ainda encontram mais um ou dois links que vos permitem seguir-nos noutra rede social.

Pronto nós confessamos, vão HAVER CENSOS AQUI NO REINO e queremos saber quantos e quem são os jacheguineses que por aí andam :)

segunda-feira, 11 de março de 2013

Hopping Along the Bunny Trail - O Reino em destaque no Etsy

Click
na imagem para ver * image to view

sábado, 9 de março de 2013

Dia da Mulher 2013

:))

quinta-feira, 7 de março de 2013

Sweet Dreams are made of this - Etsy!

:))

segunda-feira, 4 de março de 2013

Como fazer um livro: Pintar a Capa * How to make a book: Painting the cover

Fazer um livro a partir de um dossier velho * Making a book from an old binder
*
1 - A capa * The cover
2 - Os cadernos * The signatures
3 - Vamos fazer buracos! * Let's make some holes!
4 - Forrar a capa * Cover the cover 
5 - Embelezar os cadernos * Embelishing the signatures

sábado, 2 de março de 2013

Álbum de Bordados * Embroidery Album


 
 
 
Como já sabem adoro ir a Feiras de Antiguidades.
Vejam o que encontrei hoje!
Apesar de me terem dito que teria cerca de 120 anos, eu prefiro dizer que terá no mínimo uns 70-80.
A capa é completamente bordada e cosida à mão.
Tem seis páginas em cartolina azul. Cada uma delas tem dois tipos de bordado diferentes (à excepção da última página que só tem um). Serão ao todo 11 pequenos bordados feitos em linho, todos feitos com pontos diferentes. Nas costas da cartolina está o nome do bordado que se encontra respetivamente colado à frente.
As cartolinas têm pequenas flores pintadas à mão.
Foi-me contada a história de uma bisavó que teria feito este Álbum para ensinar à filha os vários pontos de bordado que existem, isto no tempo em que não haveriam (muitas) revistas que explicassem o assunto.
Quanto tempo e quanto carinho e dedicação terão sido usados/gastos para uma obra tão preciosa?
É uma história bonita para acreditar, mas a certeza nunca a terei...
Uma coisa é certa... cheira àquele cheiro que só as coisas muito antigas, guardadas há muito tempo, do tempo das nossas avós, têm :)

Blog Widget by LinkWithin