O nosso reino é tudo isto, e muito mais...

«Contos de fada são mais do que a verdade. Não porque eles nos dizem que dragões existem, mas porque eles nos dizem que dragões podem ser derrotados.»

~ Neil Gaiman ~

quarta-feira, 24 de maio de 2017

Estar aqui * Being here

Estás aí?
Estás mesmo aí?
Estás a julgar-me só por te perguntar isto?
Julgas as tuas atitudes e as dos outros constantemente?
Claro que sim.
Vamos tentar apenas estar aqui nesta conversa sem julgamentos e sem propósitos?
O que ouves se estiveres em silêncio?
Consegues ouvir a tua respiração?
Consegues saber o que sentes neste momento?
Consegues apenas ouvir, sentir... sem julgares?
Sentes tristeza? O que sentes agora sem ser tristeza?
Insegurança? E agora?
Consegues ir sentindo as várias emoções sem te deixares "agarrar" a nenhuma delas?
Limita-te a sentir, libertar.
Inspirar, expirar, libertar.
Não penses no que te causou tristeza.
Não penses no que te causou insegurança.
Inspira, ouve, sente, expira, liberta.
Não deixes os teus pensamentos ancorarem-te a determinados momentos.
Deixa-os passar por ti. Através de ti.
Não vivas no passado. Não sofras pelo futuro.
Não sofras pelo passado. Não vivas no futuro.
Vive agora.
Estamos constantemente a lembrar-nos e a reviver sentimentos do passado e a sofrer por antecipação do que irá acontecer no futuro.
O passado já passou e o futuro ainda não aconteceu (e pode até nem acontecer como tu pensas que acontecerá).
Podes e deves refletir sobre o passado ou programar o futuro.
Deves tentar no entanto fazê-lo sem que os sentimentos e emoções envolvidos alterem o que sentes agora.
Deves fazê-lo a partir do presente sem RE-sofrer ou antecipar sofrimentos ou emoções.

terça-feira, 23 de maio de 2017

Coisas... estranhas! * Strange Things

Sabes quando passas por experiências estranhas?
"Estranhas" é pouco, experiências MUITO ESTRANHAS... Quase surreais?
Coisas que não se explicam mesmo quando tentas com muita força (e até fechas os olhos em esforço).
Não são bem coisas que provocas propositadamente, não são coisas que são provocadas por outras pessoas. São coisas... lá está, MUITO ESTRANHAS!

Exemplos?
Talvez te tenha saído um comentário completamente desajustado dos lábios...
Talvez tenhas piscado o olho e isso tenha sido muito mal interpretado...

Talvez tenhas acordado "de ovo virado" e tenhas "descontado" na velhota que se cruzou contigo nas escadas, e que nem conhecias...
Podem ser coisas que te deixaram embaraçada, envergonhada, triste, zangada contigo própria...

Está tudo bem.
(mesmo que não acredites nisso na altura, mesmo que to digam muitas vezes...)
Está sempre tudo bem.

Inspira, expira, liberta.
Maybe I'm foolish
Maybe I'm blind
Thinking I can see through this
And see what's behind
Got no way to prove it
So maybe I'm blind
But I'm only human after all
I'm only human after all
Don't put your blame on me
Don't put your blame on me

Não te culpes de tudo.
Às vezes o dia pode apenas correr mal.

terça-feira, 16 de maio de 2017

Dias difíceis * Hard days

segunda-feira, 15 de maio de 2017

O Desejo de Pinocchio * Pinocchio's Wish

O que desejas? O que queres? Sabes?
O que te falta para teres o que desejas e/ou queres?
Tens-te esforçado para encurtar o caminho entre o que o que tens e o que desejas/queres?
Talvez só te falte o desejo...

Faço a distinção entre desejar e querer. Desejar é pretender algo do ponto de vista imediato, rápido, como satisfazer um capricho ou uma pulsão. Querer, pelo contrário, é pretender alguma coisa com mais alcance e ter capacidade para adiar a recompensa, saber esperar.
~ Enrique Rojas ~

Talvez desejes colher o que nunca plantaste.
Talvez desejes para ti o que nunca foste para os outros.
Talvez queiras o que os outros conquistaram.
Talvez seja a hora certa para desejares o que sempre quiseste ter.
Deseja... é esse o primeiro passo.

domingo, 14 de maio de 2017

Horizonte * Horinzon

Universo, de que me serve o horizonte?
Talvez para não nos perdermos da vista, suponho eu. Para não olharmos para cima e para baixo ao mesmo tempo... E para trocarmos uma linha imaginária pelo essencial... 
(Talvez quem nos ame não nos faça, simplesmente, companhia mas seja, sobretudo, O Horizonte, o seu coração e a nossa casa).
Eu acho que precisamos de pessoas que sejam o nosso horizonte. Pessoas que habitem o nosso coração constantemente e não só nas férias grandes. Que nos deem o pretexto para que o eterno dure para sempre, mesmo quando dura só um segundo:
«– Quanto tempo dura o eterno? - perguntou o Coelho a Alice. 
– Às vezes, apenas um segundo.»
Às vezes basta apenas um segundo com a pessoa certa para que uma eternidade de "quero mais" encha o nosso peito. Uma vontade de ser melhor, de aprender mais, de ter mais tempo com essa pessoa, de ajudar...

sábado, 13 de maio de 2017

A magia dos desejos * Wish upon a star

- Pede um desejo
Como só um? Uma vida tão longa, tantos dias passados e só tenho direito a um desejo?! - Pensei
Eu quero ser realmente feliz! É este o meu desejo.
- E não podes contá-lo a ninguém senão, não se realiza.
Fechei os olhos e pedi um desejo. Com muita força, nem sei bem porquê. Acho que assim são pedidos com mais vontade. E nunca o contei a ninguém.
Não é o desejo que é importante mas, penso eu, o fato de ser nosso e de pensarmos nele dessa forma: Este é o meu desejo.
Calculo que os nossos desejos não venham das estrelas que caem do céu. Não vêm das velas de aniversário mordidas. Não vêm das moedas que se atiram ao poço e nem dos dentes-de-leão que se sopram. Vêm aqui de dentro, de muito perto de nós.
A magia dos desejos está, não na sua formulação mas no fato de alguém que nos conhece o poder adivinhar e quem sabe nos ajudar a concretizá-lo.

Isso sim será pura magia.

sexta-feira, 12 de maio de 2017

Os trambolhões da vida * Decisions

Há muitas decisões a tomar na vida.
Umas fáceis e outras nem tanto. Por vezes sentimos-nos condicionados, sentimos que vamos magoar alguém.
As decisões da tua vida são só tuas. És tu que vais colher o que semeares.
Se caíres, levantar-te-ás com a certeza que ninguém te empurrou.
Se te enganares saberás qual o caminho a não tomar.
Dá sempre o melhor de ti nas tuas escolhas, assim não haverão arrependimentos.
E se, mesmo assim achares que erraste, aprendeste a lição e por isso não perdeste.
Uma má decisão nunca te tornará uma má pessoa.

quinta-feira, 11 de maio de 2017

Vê e Repara

;)

Momentos Sagrados * Sacred Moments

Há algo de sagrado em tudo o que chama a nossa atenção. 
É como se algo se colasse à nossa pele pedindo-nos para olhar, para ver, para sentir, para ser.
Vemos algo pelo canto do olho e somos chamados a olhar para perceber o que realmente era aquilo.
Há algo de sagrado em tudo o que nos atrai, nos chama a atenção... seja um pássaro, o assobiar do vento, uma música que se houve... um caracol que se atravessa no nosso caminho.

Eu, cansada, a chegar ao trabalho... olho para o chão e vejo este pequenino.
Continuo... mas volto atrás. Tenho que fotografá-lo...
Ele lembrou-me que, devagar se vai ao longe.
Devo viver um dia de cada vez...

Há algo de sagrado, de mágico...
Costumas reparar?
Tudo isto faz parte do nosso caminho e nós estamos dotados de meios para notar estas pequenas
sincronicidades, estes momentos sagrados e de os interpretar dentro da nossa maneira de ser.
Não esperes encontrar unicórnios, anjos ou fadas. Talvez encontres apenas pequenos espelhos de ti, que te ajudarão a compreenderes-te melhor, que te guiarão, e te poderão ajudar a resolver problemas da tua vida.
Nunca interpretaremos estes momentos sagrados da mesma forma que outras pessoas, para uns podem estar relacionados com o trabalho, o casamento, a saúde, a família ou mesmo a busca interior.
Estes momentos ficam para além das palavras que podemos usar para os descrever. Talvez os melhores sejam os que te chamam a atenção para o que já sabes.
Abre os olhos e vê.
Abre o coração e aprende...

quarta-feira, 10 de maio de 2017

Inteligência emocional * Love yourself and others

Love yourself and you will properly learn to love others.
Se gostares de ti aprenderás a gostar dos outros também.

Dá-te tempo * Give yourself some time

Guarda tempo para ti.
Leva-te a passear, a ver o mar, a pisar as poças de água.
Ouve-te, mima-te, ama-te.
Vê-te ao espelho e elogia-te.
Procura-te no meio de papéis e afazeres diários.
Encontra-te e abraça-te (mesmo que tenhas que marcar um dia e uma hora).
Arranja tempo para ti.
E já agora, arranja também tempo para os que moram aí dentro... no teu coração...

terça-feira, 9 de maio de 2017

♥ Obrigada a todos! * Thank you all! ♥

Para todos os que tornam os meus dias melhores.
Para os que tentam tornar os meus dias melhores.
Para os que nem precisam de se esforçar para tornar os meus dias melhores.
Para os que me ajudam a tornar os meus dias melhores...
Para os que chegaram há pouco tempo à minha vida.
Para os que me conhecem há muito tempo.
Para os que seguem o blog.
Para todos os fãs do Reino.
Para os que quiseram fazer parte da minha vida.
Para os que me deixaram fazer parte da sua vida.
Para todos os que vivem no meu peito, queria só dizer...
Obrigada!
*
Cada frase vale um ponto (♥ e um beijo ).
Quantos ganhaste?

Sete vidas ou mais * More than seven lives

Quantas vidas tens na tua? És mãe, filha, irmã, funcionária, psicóloga, professora, és TU, ...
Tens as tuas vidas bem cosidas umas nas outras?
Qual a que está  a ser descurada?
Enfeita esse retalho com corações, citações, missangas, brilhantes...
Aproveita tudo o que a vida te dá, todos os dias, ama cada pedaço de ti.
A vida tem sempre razão, no final vai sempre valer a pena e tudo vai correr bem.
Olha, e partilha cada uma dessas partes com quem amas...

segunda-feira, 8 de maio de 2017

Dia da Mãe e... * Mother's Day

... das Filhas da Mãe (quem também já são mães).

As nossas mães estão de parabéns. Melhor ou pior fizeram-nos (geraram-nos e ajudaram a moldar-nos) como somos. Com todos os defeitos e qualidades que temos.
Muitas somos mães à semelhança das nossas.
Para muitas de nós ela foi a única mulher da nossa vida. Eu também tive a mãe dela.
A minha foi mãe aos 19 anos. Eu fui mãe aos 31 (primeiras vezes).
Apesar de não concordar com tudo o que ela fez como mãe, sei que na maior parte das vezes ela não sabia e não conseguia fazer melhor.
Eu sempre soube que queria ser mãe apesar de dizer que não, porque a seguir haveria um interrogatório. Coisa que uma adolescente dispensa.
Eu sempre disse também que quando fosse mãe, podia não saber como o ia fazer mas sabia definitivamente como não o ia fazer.
É outra coisa que também se aprende com as mães.
Sou uma boa mãe.
Apesar de ser "irritante" quando mando os meus filhos arrumar, sei que sou uma boa mãe.
Quanto à minha mãe, foi minha mãe até eu sair de casa definitivamente.
Agora sou eu mais mãe dela, do que ela minha.

Tenho muitas saudades da minha mãe duas vezes (avó).
E todos os dias digo em pensamento:

Explode se precisares * Explode if you need to

As peças que fomos encaixando por vezes à força, um dia podem explodir.
Algumas não foram colocadas corretamente, outras foram encaixadas à força pois queríamos muito que fizessem parte de nós... No entanto só estão a aumentar a pressão de todo o conjunto.
Se o teu puzzle explodir e tiveres que começar de novo, começa!
Uma certeza podes ter. O resultado será sempre melhor que o anterior.
Adquiriste experiência. Sabes melhor do que ninguém que peças não encaixaram e as que foram colocadas nos sítios errados.

Agora vai ser mais fácil.
Acredita e dá sempre o melhor de ti!

domingo, 7 de maio de 2017

Lição de ontem * Yesterday's lesson

Tenho que procurar-me mais vezes nas pequenas coisas...
Mesmo no que às vezes faço contra a vontade.
Um café na sala de espera e o carinho de quem o foi buscar.
Os cristais que adoro.
Nos amores-perfeitos escondidos (atrás de um banco de jardim).
Num almoço com (todos) os que amo.
Num café feito com amor  de mim para mim.
A lição de ontem chegou-me representada por esta pequena estatueta (menos de 15cm) que me lembrará sempre para fazer o que digo.
Ou, pelo menos tentar com mais força.

Sê lamechas! * Love is what you do

Se amas diz. Se te apetece oferece. 
Se é importante para ti faz.
Nada pode estar errado se for feito com amor, se vier do coração.

Sê tu mesmo. Deixa o teu amor sair de ti, não o guardes.
Ele cá fora expande, floresce, multiplica-se.
Não deixes a semente enterrada no escuro, não a deixes secar, liberta-a.
Sê tu mesmo, não te reprimas.
Deixa a magia sair...

sábado, 6 de maio de 2017

A vida é como os livros... * Life is like a book...

A vida, tal como nos livros, nos filmes, tudo começa a fazer mais sentido quanto mais avançamos no tempo.
A vida é como os livros e os filmes. As peças vão-se encaixando. 
Os improváveis tornam-se lógicos.


Os indiferentes tornam-se amigos do peito, do longe se faz perto.
De repente não estamos (mais) tão sozinhos neste caminho.
Juntam-se a nós os que nos pertencem, os que voltam, os tais...
Afastam-se os que pensámos serem nossos para sempre.
Olhando-se para os primeiros capítulos que pareciam tão nublados, tudo faz tão mais sentido!


Continua a escrever as tuas páginas com amor, com convicção. Mesmo quando não percebes bem o que estás a escrever. Em breve fará sentido.

Preferes um final feliz ou um caminho feliz até ao final? * Staying alive

Se tens dúvidas pára. Reavalia. Cria raízes mais fortes ou restabelece as que tens.
Salta do barco. Sente o sal da vida.
Respira, mesmo que não consigas fazer mais nada. Acredita que às vezes é o melhor que podes fazer.
Organiza-te. Fecha as gavetas que deixaste abertas. Abre as janelas.
Respira.
Resultado de imagem para breath quotes
Decide o que queres e o que é melhor para ti.

Blog Widget by LinkWithin
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...